O Método Natural e o Cresça

O Método Natural tem por base os princípios do construtivismo, que é a aplicação pedagógica dos estudos de Jean Piaget, biólogo e psicólogo suíço (1896-1980). Para esse grande estudioso da educação, o ser humano só se apodera do conhecimento se agir sobre ele, porque aprender é multiplicar, descobrir, inventar e transformar.

Outro fundamento significativo é o aprender com prazer, que só é alcançado por meio da afetividade. Para Piaget, “a afetividade é a energética da ação”. Mais importante do que decorar informações é saber analisá-las. Não vivemos mais no tempo em que o professor era o único provedor da informação. Com o advento da tecnologia, a informação está ao alcance de todos. Nossa proposta, portanto, é incentivar a autonomia que guiará nossos estudantes na construção do conhecimento por meio da pesquisa.

A Epistemologia Genética foi o campo de estudos criado por Piaget ao longo da investigação do desenvolvimento natural da criança. As percepções de mundo da criança, do tempo, espaço fazem parte deste campo de estudo tão vasto. Segundo Piaget, o desenvolvimento infantil passa por quatro estágios desde o nascimento ate a adolescência, momento este que se atinge a capacidade plena de raciocínio e abstração.

Outra contribuição teórica importante para a construção de nosso currículo é apresentada na abordagem sociohistórica bastante enfatizada por Lev Seminovich Vigotsky, psicólogo bielo-russo que viveu de 1896 a 1934 e Henri Paul Wallon (1879-1962), filósofo, médico, psicólogo francês e seus seguidores. Tais autores apresentam ideias que complementam as contribuições de Piaget, de forma que enriquece ainda mais nosso arcabouço metodológico.

É com base nesses pilares que a Escola Cresça valoriza a autonomia, buscando respeitar as diferenças individuais e, com isso, proporcionando a interação e a cooperação. Aprender a conviver em grupo supõe um domínio progressivo de procedimentos, valores, normas e atitudes, que estão presentes em nosso dia a dia.

A Escola Cresça está antenada com a realidade e respeita os ritmos individuais e as diferenças. Aqui, os alunos não são avaliados apenas pelas notas. As avaliações são transformadas em verdadeiros momentos de investigação! O “quê” e o “como” os alunos aprendem são muito mais importantes para a reprogramação dos trabalhos.

Nossos estudantes não são submetidos a tensões inerentes aos momentos de avaliação, tampouco são tolhidos em seus momentos de dúvidas, discordância, ou necessidade de ajuda específica. A eles é reservado o direito de sugestão e argumentação, uma vez que fomentamos a participação ativa dos estudantes, garantimos o espaço para manifestação de ideias e coconstrução de trabalhos e projetos a partir das discussões.

Para organizar este cenário de postura ativa e participativa, contamos com profissionais competentes, humanizados, receptivos e, acima de tudo, que gostam do que fazem.

Cresça é uma escola tão acolhedora quanto deve ser a vida para uma criança desde a sua concepção.