ATIVIDADES COMPLEMENTARES

 A Nova LDB prevê a “articulação de fundamentos teóricos que embasem a relação entre conhecimentos e valores para uma vida cidadã, em que o ensino fundamental esteja voltado para o Desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo; compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade, desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, fortalecimento dos vínculos de família, dos laços de solidariedade humana e de tolerância.

A nova legislação vem confirmar a prática pedagógica da nossa escola, que reconhece a importância dos conteúdos curriculares do Ensino Fundamental, mas que valoriza a complementação de estudos, a transversalidade de temas e a interdisciplinaridade.

Considerando a preocupação da nova Lei de Diretrizes e Bases em ampliar a carga horária, como um dos pressupostos para a melhoria da qualidade de ensino, mais uma vez o Cresça “sai à frente”, pois, desde 1991, adota o sistema de atividades complementares em horários opostos aos regulares.

 

LITERATURA E ESCRITA

Em toda a história da vida humana, não existe registro de nenhuma sociedade que tenha vivido sem se comunicar.

A comunicação é uma necessidade humana. Através dela, o homem exterioriza-se, expressa sentimentos, pensamentos, emoções; integra-se no universo e no convívio social.

Ler, por sua vez, é uma forma de aculturar-se, de viajar pelo mundo, de conhecer as estrelas, de ir a reinos encantados que fazem sonhar, de entrar no universo de quem escreveu, de obter informações.

Em um mundo, que evolui cada vez mais rapidamente, onde se fala em globalização, em diversificação e versatilidade humana, em aprimoramento, especialização, se torna cada vez mais importante a leitura, a escrita e a comunicação.

Pensando nisso, o Cresça criou a “Oficina da Palavra”. Nesse espaço, os educandos exercitarão a criatividades, o hábito da leitura, o ato de escrever, a consciência crítica e a reflexiva, a vontade de sonhar, a motivação para se comunicar.

ARTES

Assim como a ciência, o português, a matemática e a geografia constroem o conhecimento humano, acreditamos que também a arte fornece sua contribuição.

A luz, a cor, o volume, o peso, o espaço, que no cotidiano são dados usados para construir através do pensamento lógico, o nosso conceito de mundo físico, em arte são utilizados para alegrar o horizonte de nossa experiência sensível. Por exemplo, pelo uso incomum de cores e sons, pelo organização inusitada de um espaço, pela textura ou forma dada a um material, a nossa própria perspectiva da realidade alterada, abrindo as portas da imaginação e da criatividade.

Sendo assim, o Cresça, que considera essencial a formação do educando como um todo, não poderia deixar de incluir a arte em seu currículo e, dessa forma, unir razão e sensibilidade.

A oficina de arte propõe o resgate do expressar-se e do sentir, associado aos conhecer e ao saber. Os estudantes terão aula sobre história da arte, participação de montagens teatrais, farão trabalhos artísticos e terão noções de artes visuais. Todos nós sabemos que o exercício da criatividades reforça o `”EU”, estimulando o desenvolvimento e propiciando o nascer de obras que são a ponte entre o homem e o seu mundo.

MEDITAÇÃO

Exercícios de respiração, inspirar e expirar fazendo um leve som, abrir os braços, fechar os punhos, trazê-los ao centro, massagear o centro do peito enquanto inspira e abrir rapidamente os braços soltando um HÁ!
Estes e muitos outros exercícios são praticados com os alunos. O objetivo é dar um descanso para a mente que passeia pelo futuro e pelo passado, trazer a mente aqui para o presente e sentir toda sua potencialidade.

A prática da meditação na escola tem ajudado inúmeras crianças com diversas dificuldades: déficit de atenção, falta de autocontrole, baixa autoestima e autoconfiança.

Acreditamos que a nossa verdadeira essência é boa, por isso devemos ir ao encontro do mais profundo em nós, sabermos quem somos para trazer para o exterior o que há dentro de nós e apresentarmos ao mundo o nosso verdadeiro EU.

Robótica Educacional

A Robótica Educacional é um ambiente de aprendizagem que reúne materiais de diversos tipos, tais como: kits Lego, Knex, Fischertechnik, Erector, Zoob, Wacky Wrigglers, dentre outros; compostos por diferentes peças, motores e sensores e alguns controláveis por computadores que permitem programar, de alguma forma, o funcionamento dos ROBÔS montados ou criados pelos alunos. 

O projeto é ofertado aos nossos alunos em diferentes níveis de desenvolvimento, de acordo com a série em curso. É uma atividade curricular (inserida na grade) e o objetivo é proporcionar aos educandos com entretenimento em um ambiente tecnológico e mecânico, desenvolvendo uma série de habilidades, tais como: raciocínio lógico, verbalização, trabalho em equipe e principalmente, a concentração. Dessa forma, nosso aluno aprende a conviver com o outro interagindo, partilhando, colaborando e cooperando.

A experiência da robótica no meio educacional é capaz de promover o conhecimento mútuo, a troca de experiências, a interação, a concentração, a criatividade e o diálogo entre seus pares. Esta nova prática traz para a educação uma nova realidade onde o aluno passa a ser autor do seu próprio conhecimento e centro do processo, aplicando toda a sua imaginação criadora capaz de interferir no seu meio. Nesse sentido, o Fazer e o Aprender são processos inseparáveis

Educadora Financeira

O Projeto Educação Financeira Com Empreendedorismo, Ética, Sustentabilidade E Cidadania é desenvolvido nas turmas do 6º ao 9º ano. O nome do projeto é extenso, mas necessário para dar ideia da abrangência e do enfoque usado no trato desse assunto tão relevante.

O projeto, selecionado cuidadosamente, gira em torno de duas metas – aprender a ser humano e aprender a ser cidadão.

Projeto Multiação

O Cresça Multiação desperta uma visão ampla do empreendedorismo, englobando cooperação, ecossustentabilidade, cidadania e ética, mas principalmente pelo fazer prazeroso dos nossos alunos. O projeto é desenvolvido com todos os alunos da escola

VIVER.COM

Pensar, refletir e filosofar é de suma importância no processo de aprendizado e a escola é um espaço que favorece a interação das crianças e dos adolescentes consigo mesmo e sua capacidade de compreender o mundo a partir das diversas experiências que lhe são oferecidas. Esse projeto é desenvolvido nas turmas do 1º ao 9º ano.

Musicalização e Canto

A musicalização é um processo de construção do conhecimento, que tem como objetivo despertar e desenvolver o gosto musical, favorecendo o desenvolvimento da sensibilidade, criatividade, senso rítmico,do prazer de ouvir música, da memória, concentração, autodisciplina, etc. É o prazer de conhecer a si próprio para melhor interagir com o outro.